fbpx
(062) 3414-7861                     Av. Deputado Jamel Cecilio, 3455 - Sala 406 - Qd.09 Lt.2E - Jardim Goiás – Goiânia/GO contato@grupoanexo.ind.br

As crises e aumentos exorbitantes de preços, entre outros motivos, tiveram impacto na vida dos produtores agrícolas, por exemplo, este ano o litro do leite chegou a custar 8 reais.

Independente disso, a granja Heinen, localizada no Rio Grande do Sul, conta com a ajuda de 160 placas fotovoltaicas na redução da conta de luz desde 2021. Segundo a Absolar, no Brasil o número de sistemas instalados nos campos sofreu um aumento de 115% entre os seis primeiros meses de 2021 e 2022. Foram 44 mil sistemas instalados no ano passado contra 94,6 mil este ano.

Essa tecnologia tem influência também na geração de empregos no setor. Dados da Absolar apontam que, entre 2020 e 2022, os postos de trabalho relacionados à energia solar sofreram um aumento de 180%. No quesito de arrecadação de impostos aos cofres públicos do país a alta foi de 187%.

A vice-presidente da Absolar afirma que o aumento dessa forma de geração energética deve-se a três motivos:

Alta da conta de luz

Crise hídrica

Redução tarifária do consumidor

Relatórios da Granja Heinen tanto a economia financeira quanto os benefícios ao meio ambiente. Foram economizados, desde 2021, R$ 43.169,84 a produção de CO² foi reduzida em 12 toneladas e 18 árvores foram poupadas. Esses fatores fazem da energia fotovoltaica colaborador importante para a redução de custo e agressão ao meio ambiente no meio agrícola. A Absolar projeta um futuro com bastante crescimento dessa tecnologia em áreas rurais.